0

Descendo a Afonso Pena de Dobrável 

Enquanto fotografava ciclistas na Bernardo Monteiro observei muitos ciclistas descendo a Afonso Pena em direção ao centro. Praticamente todos os ciclistas eram homens. A avenida de trânsito intenso principalmente de ônibus pode parecer intimidadora mas vi essa garota descendo com uma dobrável, entre os carros, e sorrindo. Adoro a leveza e força das pessoas que usam essas bicicletas. 


Advertisements
0

Contagem de Ciclistas  

Por Gil Sotero.

 

Estou participando da contagem de ciclistas de 2018. É uma ação promovida pela Associação de Ciclistas Urbanos de Belo Horizonte e outras entidades para subsidiar e fomentar, de informações, politicas públicas voltadas para quem usa a bicicleta na cidade.

Como sempre é um prazer poder ficar horas fotografando e quando possível entrevistando pessoas que, sem saber, contribuem para uma cidade mais humana.   Na última quinta, 10, ficamos na avenida Tereza Cristina o dia inteiro. Os dados em breve estarão disponíveis, enquanto, isso vou, no meu turno, vou fazendo os registros.

“Eu amo bicicleta, faz bem para a gente.  É um prazer que temos na vida. Eu a uso para me deslocar diariamente. Agora mesmo estou indo fazer compras para meu bazar. acho que bicicleta rejuvenesce, principalmente pessoas como eu que possuem mais de 15 anos (risos)”. Marta Rosa, lojista, 54.


Curioso também foi observar como certas bicicletas são compartilhadas por funcionários de comércios próximos à ciclovia. Esta bicicleta rosa por exemplo vi passar várias vezes e cada hora com uma pessoa. Bicicleta coletiva no trabalho. Gostei.

 

0

Meias 

Quem pedala commuter já deve ter chegado com  a barra da calça suja por causa da catraca. Solução? Meias. Além de prender a calça é uma peça menor para se lavar e basta puxar a calça por cima dela que a sujeira some das vistas. 

Fotos Sotero.