Bicicleta Junina Resenha

33 

Domingo 21 de junho a Praça do Ciclista foi “ocupada” por ciclistas como nunca antes na história da cidade. Três eventos simultâneos aconteceram de forma sincronizada e culminou com uma “inauguração” surpresa do Bicicine, entre os participantes ciclistas de várias tribos. Quem participou se surpreendeu. “O evento foi lindíssimo e o fechamento ficou gravado na história do ciclismo de BH. Sem sombra de dúvidas a gente vai falar daquele dia em bares em 10 anos. O mais bonito foi ver as pessoas despermeabilizando. A galera sentindo mais o que a gente tem de comum que de diferente. Foi meio catártico, e extremamente simbólico, da pedalada na chuva até a inauguração surpresa do bicicine. Tipo, é nós contra os carros”, declarou Marcello Cardoso.  

 

IMG_0871 (2)

As 14h30 como combinado a primeira Food Bike chegou carregada de cup cake. “Achei o pessoal super bacana!!! E aprendi um tanto sobre a bicicleta” disse Carol Coscarelli da Chocake. O pessoal do Ciclo Bazar de  Rua já “brilhava” com as bicicletas vintage, BMX e Caloi Cross dos anos 80 e 90, impecáveis. Houve até distribuição grátis de paçoca.

IMG_0754 (2) 

A turma do low ride de bicicletas estilizadas de Contagem também compareceram. Logo em seguida outros ciclistas chegaram com quentão, broa, palha italiana, queijadinha, bolo, tudo feito localmente. O filme começou a ser exibido na Praça do Ciclista mas, com a chuva, Vinicius Túlio do Bicicine convidou os presentes para assistirem na nova sede que ainda em obras acolheu a todos depois de um breve pedalada.

IMG_0869 (2)

IMG_0897 (2)

O documentário Bike vc Car mostrou com exemplos reais ,alguns asssutadores, como a industria automobilística destruiu o melhor sistema de transporte público dos EUA e como a relação com o poder é permeada de “favores” com caso de doações de carros na Alemanha para barrar votações que afetam essa industria. “Foi interessante porque eu não conhecia sobre a cidade de Copenhagen e de como era a situação nos Estados Unidos. Foi legal ver o que acontece em outros países e fazer o paralelo aqui” pontuou Bruna Caldeira.

IMG_0904 (2)

No final da exibição Aline Cavalcante, protagonista do documentário, falou um pouco da sua  participação no longa e contou sua experiência como jornalista e cicloativista. Ela ressaltou a importancia de eventos que agregam ciclistas urbanos. “Acho que uma das coisas mais importantes para todo e qualquer movimento é a troca, o olho no olho, ouvir o outro, compartilhar experiências. Por isso que a gente investiu tanto aqui em SP em um espaço fisico, por que a gente acredita demais que as melhores idéias saem nos encontros off-line. Nesse sentido o evento é uma ótima oportunidade pra confraternizar e humanizar as relações. Fora que tem uma pegada de desenvolver o empreendedorismo e promover a cultura da bicicleta por outros caminhos. Nada mais lindo e necessário”, disse Aline.

O evento varou a madrugada e proporcionou além da reflexão sobre o que está acontecendo pelo mundo a fora que altera o destino de toda humanidade, momentos de descontração e prosa boa.

IMG_0815 (2)

 

IMG_0771 (2) IMG_0767 (2) IMG_0766 (2) IMG_0761 (2)
 IMG_0744 (2) IMG_0696 (2)

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s