0

Terno para bicicleteiros

Imagem

Até o momento, todo bicicleteiro que precisava chegar ao trabalho “arrumado na beca” como se dizia antigamente, sabe o quão difícil é pedalar com o terno na mochila. Além de amassados, acabam chegando suados, já que muitos levam nas costas as roupas.

Pensando em garantir conforto e aparência  a marca norte-americana Parker Dusseau lançou o Commuter Suit; uma linha de roupas voltadas para advogados, executivos, profissionais cuja vestimenta é exigida no quotidiano e qualquer pessoas que precisa ou gosta de usar  ternos  mas não abrem mãos das magrelas.

As peças possuem muitas soluções para tornar as pedaladas pra lá de chic, como; zíper na região das axilas para aumentar a ventilação,  28% de elastano, que garante mais flexibilidade durantes pedaladas, além de tecido com tecnologia que permite absorção de suor e resistência a umidade, ou chuva leve.

Imagem

Divulgação Parker Dusseau

Imagem

Divulgação Parker Dusseau

Para completar faixa refletivas, que dispensam o uso de coletes, fitas externas e barras elásticas para proteger a bainha da corrente,  integram o look.  Massa não?  O preço não é nada cool: um terno da grife não sai por menos de 800 dólares.

Mesmo assim vale o investimento para quem precisa estar impecável.

www.parkerdusseau.com/

Fontes: Catraca Livre e Parker Dusseau.

Image
0

Pedalo em BH – Clarice Lacerda

Clarice Lacerda para o Projeto Pedalo - Foto Bárbara Magri

Clarice Lacerda para o Projeto Pedalo – Foto Bárbara Magri

Quem pedala: A Clarice Lacerda é arquiteta e urbanista. Ela nunca teve pretensão de ter um carro, e quando se viu com a oportunidade de se locomover pela cidade da maneira autônoma que a bike proporciona, nunca mais largou.

Quem é pedalada: A bike da Clarice é uma dobrável da Soul, o modelo dela é o D70. As bikes dobráveis são muito práticas para quem tem que usar algum transporte complementar ou quem precisa de guardar em um local mais compacto.

Onde pedala: Essa é uma Avenida chamada Bernardo Monteiro que fica na parte central de Belo Horizonte. A Clarice levou a gente aí para mostrar o tanto que ela esta relacionada diretamente com a cidade. O mais bacana disso tudo é que esquina com essa Avenida passa outra, a Avenida Brasil e lá uma vez a Clarice caiu da bike enquanto cruzava a ciclovia e quebrou o braço, mas quem disse que isso é lembrança ruim pra ela?

Fonte: http://cargocollective.com/pedalo

0

Abra sua cabeça e use um chapéu

Sucesso na década de 50, os chapéus em seus variados estilos estão ganhando novamente as passarelas, editoriais de moda e claro o quotidiano do cenário urbano.  Pedalar sem chapéu pode parecer difícil no verão brasileiro!  Mas que chapéu usar?  De palha, feltro a variedade é grande! Seguem uns modelos para inspirar. 

 image

Mulheres

image

Tipos

image

Homens

image

image

Escolha um e pedale!

image